23/10/2012

TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Escrito por : Trabalhinhos Blog | Hora : 18:56 | Tag :
Olá blogueiros! Vamos tratar de um assunto que preocupa muitos pais e tira muita paz das famílias pelo mundo: a Hiperatividade.

Como saber se seu filho tem TDAH? Bem, de certa forma, os pais de crianças com hiperatividade sabem no fundo que algo está errado. 




A Hiperatividade Orgânica e a Emocional

No caso da Hiperatividade Orgânica a criança é agitada em casa, no colégio e com os amigos. Ela é assim o tempo todo. Já a criança com hiperatividade emocional fica agitada em locais onde as coisas negativas que a atingem estão ocorrendo. Exemplo: na escola, quando há algum problema de adaptação e a criança não se sente segura ali ou em casa, diante de algum problema com os pais, brigas ou separação.

A criança orgânica recebe muita rejeição dos amigos e sociedade e todo mundo reclama do seu comportamento.
Ela é inexplicavelmente difícil. Troca letras na escrita e na fala, mas ao mesmo tempo é extremamente inteligente. Isso acontece porque a criança quer escrever ou falar logo, por isso comete esses erros. Não consegue controlar algo que faz parte de seu organismo, por isso sofre muito com sentimentos de culpa. Ela precisa de ajuda para conseguir lidar com a situação.
Crianças assim geralmente têm pavio curto: agem de forma agressiva que é seguida por sentimentos de culpa. No fundo, ela é uma ótima pessoinha, mas tomam atitudes intempestivas.

Isso acontece porque as crianças orgânicas possuem uma alteração química no nível de dopamina, de serotonina e norepinefrina. São substâncias, ou seja, neurotransmissores cerebrais que mandam mensagens de uma célula nervosa para outra.

A serotonina é uma substância sedativa e calmante. É também conhecida como a substância “mágica” que melhora o humor de um modo geral, principalmente em pessoas com depressão. 

Já, a dopamina e a noradrenalina proporcionam energia e disposição. 
Elas têm deficiência dessas substâncias químicas. Muitas vezes em algumas regiões do cérebro.
Pode ser ainda um problema relacionado a tireóide, intoxicação por chumbo e outros. É preciso buscar o tratamento adequado.

Colocar a criança em esportes para descarregar essa energia toda é legal, mas não vai adiantar se não houver um tratamento adequado. O esporte por si só não vai resolver. É preciso que a criança faça um tratamento junto a um psicólogo ou neurologista, juntamente com muita oração. Afinal, Deus pode todas as coisas.


O conselho é levar a criança a um profissional (psicólogo, neurologista ou pediatra). Ele provavelmente vai pedir alguns exames (se for um bom médico) e passar uma medicação para ajudar nesse desvio químico cerebral. Lembre-se: seu filho não consegue controlar isso sozinho.

Geralmente as crianças com TDAH gostam de jogos e brinquedos que desafiam a sua capacidade, como quebra cabeças ou jogos de montar e decifrar enigmas. Um esporte muito legal é o judô, pois ele ensina disciplina e ajuda a dar vazão a essa energia exagerada. Sempre com acompanhamento médico.

Dica de site sobre o assunto: Instituto Paulista de Déficit de Atenção


Vídeo sobre o assunto


É importante que, mesmo com TDAH a criança tenha limites. Crie regras para serem seguidas. A criança precisa saber respeitar leis desde pequena. Seja firme e seguro nessas regras, sem ser autoritário. 


Deus os abençoe imensamente.
Blog Trabalhinhos

google+

linkedin

2 comentários

Tulis comentários
avatar
LIa
Admin
1 de setembro de 2013 00:25

Sugiro o livro infantil JOÃO AGITADÃO que diverte e ajuda as crianças com TDAH.

Reply
avatar
Renato Hirtz
Admin
15 de janeiro de 2014 20:15

Boa noite.
Estou publicando em meu blog o endereço de seu link.
Sempre que houver atualizações de interesse da educação estaremos abertos à publicação.
Caso houver algum impedimento, por favor, entre em contato por e-mail que imediatamente retiraremos a postagem.
Saudações.
http://coisastantasderenatohirtz.blogspot.com.br/

Reply
O blog Trabalhinhos nunca se esquece de dar os créditos de cada trabalho aqui apresentado, pois valoriza o empenho de cada criador de conteúdo da web. Por isso, se você deseja publicar algo desse blog, faça o mesmo. Agradecemos a sua compreensão e a valorização do nosso trabalho.

Google+ Followers